Programa Direção Espiritual => Toda Quarta-feira às 22:00h. na Canção Nova ★

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Missa com Pe. Fabio de Melo lota Catedral Maronita em SP

Nesta terça-feira, 19, Padre Fábio de Melo celebrou na Canção Nova em São Paulo.
A Santa Missa, que foi concelebrada pelo
padre Silvio Andrei, lotou a Catedral Maronita Nossa Senhora do Líbano.
O sacerdote em sua homilia enfatizou: “Nós temos que sangrar os excessos”. Explicando, disse que é preciso fazer uma ’sangria’ em nossas vidas, assim como as pessoas que tem excesso de ferro no organismo, para tirar tudo aquilo que é ruim em nós.

Qual o excesso, o peso que você gostaria de tirar da sua vida? Coloque no altar do Senhor! Se você sair daqui hoje com o coração mais leve, já valeu todo esforço de estarmos aqui”, conclui padre Fábio.





Frases - Pe. Fabio de Melo

  • Sabe para quê o artista faz a sua arte?
    Para eternizar um momento que elenão quer mais esquecer.

  • "De todas as certeza que tenho, essa é a mais bela : sou metade incompleta que só a eternidade poderá preencher!"

  • "Religião só faz diferença em nossa vida, quando ela nos empresta um jeito diferente de olhar o mundo."

  • "A MAIOR PERDA DA VIDA É O QUE MORRE DENTRO DE NÓS ENQUANTO VIVEMOS."

  • "Nos dias de hoje, cada vez mais, acentua-se a necessidade de ser forte. Mas não há uma fórmula mágica que nos faça chegar à força sem que antes tenhamos provado a fraqueza."

  • "Toda forma de saber nasce de um não saber."

  • "Aceitar-se como um ser humano cheio de limites e fraquezas é acima de tudo, sinal de equilíbrio, paz consigo mesmo e felicidade."

  • Nos dias de hoje, cada vez mais, acentua-se a necessidade de ser forte. Mas não há uma fórmula mágica que nos faça chegar à força sem que antes tenhamos provado a fraqueza."

  • "Eu sou um contador de histórias... Gosto de me aventurar no universo das palavras, gosto de vê-las clamando por minhas mãos, desejosas de sairem da condição de silêncio. Escrever é uma forma de desvendar o mundo."

Texto Fabio de Melo - Qual é a cor da sua vida?

A vida é um acontecimento que merece ser comemorado. Há cada dia, a cada instante, ela se renova generosa nos pequenos espaços. A vida é miúda, feita de pequenas partes. Viver é construir um mosaico, parte por parte, dia após dia. A beleza de um momento unida à tristeza de outras horas passa a ocupar o mesmo espaço no quadro. As cores se misturam e se arquitetam em busca da harmonia tão desejada. Há dias em que as cores são frias... a vida pede calma, silêncio, pausas...Há dias em que as cores são quentes... a vida rompe com toda forma de calma... Não suportaríamos permanecer em um só lado dessas possibilidades. O que nos torna felizes é justamente a dinâmica que nos envolve com suas eternas variações. A vida é semelhante à trama dos teares. Fios se entrelaçam para construirem juntos o mesmo tecido. A diferença das cores é que garante a beleza final do tecido...Hoje eu não sei qual é a cor da sua vida. A minha é marinho. Não é alegre, nem triste. Espero pelo dia em que será vermelho. Espero que seja breve. O marinho, lado a lado com o vermelho torna-se capaz de expressar uma profundidade que sozinho ele não é capaz de demonstrar. Ninguém pode saber o que é a felicidade, se ainda não tiver passado pela decepção. Só pode saborear bem a vitória aquele que já sentiu o amargo da derrota. O avesso é repleto de ensinamentos, a vida também..."
Pe. Fabio de Melo

Texto Pe. Fabio de Melo - Poucas Palavras!

Não há ser humano sem luta. Cada um sofre o seu tanto para ser o que é. O sangue derramado, fruto do amor à causa a que se dedica é a prova de que a luta aconteceu. Sangue é metáfora do sacrifício. Dizem que o Sagrado é a realidade que foi separada para ser ofertada sobre o altar preparado. Acho bonito pensar assim. Sacralizar é o mesmo que resguardar realidades particulares e públicas, zelando para que não corram o risco da banalização que profana e esvazia o significado. Hoje a palavra é breve, mas o significado não. Espero que dilate no coração de quem precisa ouvir: "Sou padre, sou sagrado e sou feliz por ser." Não me penso vivendo outra realidade, nem tampouco sendo outra coisa. Quem quiser se aproximar, que se aproxime, mas não venha para desrespeitar o Amor que me faz amar. É só isso.
Pe. Fabio de Melo